Lew Company

RESILIÊNCIA SIM!!

02/07/2021

Já dizia Viktor Frankl

Principalmente em 2020, 2021, e para todo o sempre…

Exatamente isso, quanto mais crescemos e evoluímos, mais desafiadora se torna nossa vida ou as lições que a vida nos apresenta! Você sente isso também?

Pois é, o lado bom disso é sabermos que nesse tempo de crescimento e evolução temos todas as oportunidades e recursos para desenvolvermos, aprimorarmos e fortalecermos nossa musculatura emocional. E, assim, nos tornarmos mais flexíveis e resilientes, por consequência.

Para refletir um pouco sobre essa questão e nos apresentar dados concretos do quanto podemos aprender e desenvolver o domínio sobre nossa mente, por consequência, nos tornarmos mais capazes de conduzir nossa vida de uma forma significativa para a nossa existência e refletirmos sobre o legado que queremos deixar para os que seguem vivendo e construindo, trago a experiência, vivência, exemplos e ensinamentos de ninguém menos que Viktor Frankl.

Viktor Emil Frankl foi um Ser que nasceu em Viena no dia 26 de março de 1905 (Ariano como eu, só um pouco mais antigo!)Sobreviveu à experiência de quatro campos de concentração, incluindo Auschwitz (sem sombra de dúvidas bem mais resiliente do que eu… não consigo imaginar passar por tal experiência e não só sair VIVO mas com um livro escrito e a percepção de como tratar as pessoas que passem por traumas tão fortes como estes).

V. Frankl estava convencido de que o que nos torna únicos é o espírito humano. Reduzir a vida e a natureza ao “nada”, como faziam muitos filósofos e psiquiatras da época, não era o pensamento mais adequado, em sua opinião.

“O homem pode conservar um vestígio da liberdade espiritual e da independência mental, inclusive em circunstâncias terríveis de tensão psíquica e física”, disse Frankl

A experiência de V. Frankl nos campos de concentração lhe permitiu constatar que o ser humano tem a capacidade de encontrar um significado, um sentido para qualquer circunstância da vida, mesmo nos momentos mais absurdos e dolorosos.

No seu livro mais famoso e que recomendo, fortemente, a leitura – “Em busca de sentido”,  Frankl escreveu sobre suas experiências nos campos de concentração (Türkhein, Kaufering, Theresienstad e Auschwitz). Ele descreveu os maus-tratos sofridos pelos prisioneiros, mas também escreveu sobre a beleza do espírito humano.

Em suma, o livro trata de como transcender o horror e encontrar sentido, inclusive nas circunstâncias mais terríveis.

V. Frankl morreu no dia 2 de setembro de 1997, aos 92 anos, deixando um grande legado para a humanidade. Através de sua vida e do seu trabalho, ele lembra que todos podemos elaborar um sentido que nos ajude durante os momentos difíceis, e que qualquer coisa que possa ser feita, por mínima que seja, para que este fio não se rompa, terá um grande valor. Ele então conclui…

Tudo pode ser tirado do homem, menos uma coisa: a última das liberdades humanas, a escolha da atitude pessoal diante de um conjunto de circunstâncias, para decidir o seu próprio caminho.

Nós, em qualquer de nossos papéis na vida, em casa, na sociedade, como líderes ou conosco, em nosso íntimo, somos expostos e convidados, o tempo todo, a desenvolver recursos para evoluirmos, agregarmos valor à nossa vida e a dos outros a nossa volta. Eu, uma aprendiz dessa vida e desse processo, assim como você, busco conhecer minhas potencialidades. Busco driblar e transpor os diferentes obstáculos que minha mente, muitas vezes, me apresenta. E ela faz isso afim de me proteger, me poupar e me manter segura. Como então transpor esses obstáculos? Tomar consciência e mudar o curso das minhas ações? Ficam aqui três ações primordiais para começar.

  1.  Primeiro pergunte-se, O QUE eu faço de especial que só eu posso fazer para agregar valor ao mundo à minha volta, em casa, no trabalho, na sociedade? Aqui você encontra o sentido, a tal da missão, podemos assim dizer?
  2. Segundo, pergunte-se o PORQUÊ ou PARA O QUÊ disso? Quais os ganhos, aprendizados, prazeres ou o evitar das dores…?
  3. E FAÇA O Que definiu fazer, porque vai te levar onde deseja chegar, e faça isso repetidas vezes até se tornar um hábito.

A única forma de nos flexibilizarmos e construirmos nossa musculatura emocional, nossa resiliência é tomando consciência de nós. Para, então, sermos capazes de conduzir nossas mentes, em toda sua capacidade e potencialidade e ajudar os que estão à nossa volta a fazer e enxergar essas possibilidades também.

Claro que cada ser é único e a riqueza estará em se abrir ao novo, às visões e percepções DIVERSAS, para que possamos crescer ainda mais!

Essa é a jornada que te desejo e espero ter agregado algum valor à sua vida até aqui. Grande abraço

Luceli Mota – Mentora Comportamental – Especialista em Neurociência do Comportamento e Diretora Executiva e Head Trainer da LEW Co.

Contatos: contato@lewcompany.com.br – Insta, Linkedin e facebook – @Luceli.Mota   @LEWCompany

A LEW Company é uma consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas, lideranças e culturas organizacionais. Através da Inclusão do Diverso busca agregar valor e contribuir para seu crescimento saudável na  jornada de inovação e transformação. Fale conosco. Estamos prontas para suporta-los em todos os aspectos que necessitem para crescer e se fortalecer. Conheça mais acessando www.lewcompany.com.br